FacebookTwitterInstagramYouTube

Segunda, 06 Março 2017

Norte Agropecuário privilegia noticiário técnico, mas é atento e vigilante a políticas públicas voltadas ao agronegócio

Norte Agropecuário privilegia noticiário técnico, mas é atento e vigilante a políticas públicas voltadas ao agronegócio
"O Norte Agropecuário atua, nesse aspecto, como um vigilante dos gestores e poderes em relação ao que oferecem, de forma concreta, ao setor", afirma o jornalista Daniel Machado

Ao longo desses dois anos, o Norte Agropecuário conquistou a confiança do produtor e dos empreendedores do campo por propiciar ao leitor ter acesso a reportagens baseadas em números e dados técnicos. E também: conhecer tecnologias empregadas no campo, experimentos e estudos realizados que informam e conscientizam a todos sobre a necessidade de melhorar cada vez mais a produção, com eficiência e primando pela qualidade, rentabilidade e com foco na sustentabilidade.

Além disso, o noticiário do Norte Agropecuário contempla informações relevantes sobre gestão e políticas públicas que envolvem o agronegócio. A série de reportagens sobre a burocracia e desdobramentos do projeto de desenvolvimento do Matopiba são um exemplo. Muitas informações exclusivas, como a criação do projeto e, consequentemente, abandono do tema por parte da gestão federal atual, foram destaques no site.

Como também as notícias publicadas sobre temas políticos discutidos no Congresso e nas esferas de poder locais que envolvem o setor. “Como canal de comunicação, o Norte Agropecuário propaga a potencialidade do Tocantins e do Matopiba no agronegócio, Mas é atento a tudo que envolve gestão e políticas públicas para o setor. O Norte Agropecuário atua, nesse aspecto, como um vigilante dos gestores e poderes em relação ao que oferecem, de forma concreta, ao setor”, afirma o jornalista Daniel Machado, da Machados Comunicação & Consultoria, que edita o portal.

Foi o Norte Agropecuário que, com exclusividade, noticiou o levante de produtores rurais contra a possibilidade de o governo estadual de cobrar ICMS da classe produtora nas exportações de soja, produto que sustenta a balança comercial tocantinense. Com intensa divulgação do Norte Agropecuário, o movimento evitou a taxação que, segundo os ruralistas, contrariava à Lei Kandir.

Entre muitos assuntos exclusivos, o Norte Agropecuário revelou, mais recentemente, a queda descomunal de quase 85% dos investimentos do governo do Tocantins no setor. E, por outro lado, os índices positivos como estimativas de recorde da safra são notícias veiculadas constantemente. “Temos a ciência que o homem e a mulher do campo querem que o político ou o poder público não os atrapalhem. E qual a contribuição que eles dão ao setor? O Norte Agropecuário está também atento a isso!”, completou o jornalista Cristiano Machado, editor do portal.

Norte Agropecuário

FacebookTwitterInstagramYouTube